Conheça nossa loja de Motocross, clique aqui
Olá faça seu login!
Meus Pedidos | Lista de desejo | Meus dados
Atendimento ao cliente
Olá faça seu login
Seu carrinho de compras está vazio

Escapes e Ponteiras para Motos - Motocross

Curva + Ponteira Foco Racing CRF 230 Strong Curva + Ponteira Foco Racing CRF 230 Curva + Ponteira Foco Racing KXF 450 Curva + Ponteira Foco Racing Tornado Curva + Ponteira Foco racing TTR 230 Ponteira BRC Power CRF 450 X Curva + Ponteira BRC Power TTR 230  Ponteira BRC Power Slip On Crf 230 Curva BRC Power XTZ 250 Lander 2007- 2010 Ponteira + Curva Belparts Gás Gás 250F Cross Acabamento de Ponteira Anker TTR230 Curva Wacs CRF 230 com Bomber Acabamento de Ponteira Anker CRF230 Curva BRC Power TTR 230 Ponteira BRC Power CRF 230 Ponteira BRC Power TTR 230 Ponteira BRC Power com Abafador XTZ 250 Lander Ponteira BRC Power com Abafador XRE 300 Ponteira BRC Power NXR 150 Bros Ponteira BRC Big Bore TTR 230 Ponteira BRC Big Bore CRF 230 Curva BRC Power XR 250 Tornado Curva BRC Power com Sonda Lambda XTZ 250 Lander 2011 - 2015 Curva BRC Power com Sonda Lambda XTZ 250 Lander 16 Curva + Ponteira Foco Racing XRE 300 Carburada Curva + Ponteira Foco Racing XRE 300 Injetada Adesivo de Ponteira Foco Racing Ponteira Wacs Tyranno NX125/150 Bros 09/14 Ponteira Wacs Tyranno XR 200 Ponteira Wacs Kronnos XR 250 Tornado Ponteira Wacs Tyranno Bros 125/150 03/08 Curva + Ponteira Belparts CRF 250 Ponteira Wacs Tyranno CRF 230 Curva + Ponteira BRC Power CRF 450X Kit Curva e Ponteira Wacs Kronnos CRF 230 Kit Curva e Ponteira Wacs Tyranno CRF 230 Curva BRC Works CRF 450 X Curva Protork XR200 Refil de Lã Wacs para Escapamentos Lã de vidro Foco racing 30x40x1,5 Curva Wacs XTZ 250 X / Lander / TENERE Curva BRC direct flow XR250 Lã de vidro Foco racing 33x55x1,5 Lã de Vidro para Escapes BR Parts 4 Tempo Ponteira Wacs Kronnos Bros 125/150 09/14 Ponteira Protork TTR 230 V3 Ponteira Wacs Tyranno XR 250 Tornado Ponteira Wacs Kronnos CRF 230

Conheça mais sobre as ponteiras e escapamentos para motocross

Os escapamentos, ponteiras e curvas, fazem parte de um conjunto de peças essenciais para as motos, não somente as de motocross, mas também de todos os veículos. Os conjuntos de escapamentos, são responsáveis por retirarem os gases produzidos pela combustão do motor, fazendo com que a queima da próxima carga de combustível seja mais eficiente e mantendo assim o ciclo de rotações do motor de forma correta.

O mau funcionamento do sistema de escape da sua moto, pode comprometer não somente a performance em relação à velocidade, mas também o consumo de combustível, já que o acúmulo de gases não expelidos ao permanecerem na câmara de combustão do motor, impedem a entrada da quantidade correta de combustível e consequentemente a sua queima, causando falhas e forçando o funcionamento correto do motor, diminuindo a vida útil das peças.

A capacidade de retirar os gases da câmara de combustão é que fazem dos sistemas de exaustão tão importantes para qualquer motor, independente da necessidade. Quanto mais rápida e eficiente essa retirada ocorre, mais rapidamente o ciclo de combustão ocorrerá, garantindo assim geração de maior potência em maiores rotações.

Entretanto, um sistema de escapamentos aberto também não auxilia no desempenho, já que sem a diferença de pressão do motor para o lado externo, a retirada dos gases se torna ineficiente, daí os formatos finos e com curvas que dificultam a entrada de gases no sentido inverso, mas que criam pressão inferior ao motor, retirando assim os gases do motor mais facilmente.

As partes de um sistema de exaustão

Cada sistema de escapamento de uma moto, conta com poucas partes, mas todas com grande importância, conheça um pouco de cada uma delas e suas funcionalidades, a seguir:

O coletor de escape fica ligado direto à câmara de combustão do motor, e é responsável por iniciar o processo de retirada dos gases do motor, e transmiti-los à próxima parte do conjunto, o tubo. No tubo, a funcionalidade é conduzir os gases até o abafador, e normalmente o tubo possui curvaturas, o que o torna conhecido simplesmente como curva, ou curva de ponteira. O próprio nome já remete ao seu formato, que deve-se ao ajuste necessário que a peça faz para contornar a parte externa do motor e demais peças até chegar ao abafador.


escapes

1. O coletor de escape e é ligado diretamente à câmara de combustão, nele são captados os gases da combustão que passam para o tubo ou curva (2) que direcionará os gases para o abafador e ponteira.

O abafador é a parte onde os gases que até então se encontravam em um caminho estreito ganham maior vazão e por esse motivo também é produzido um determinado som. Sem o abafador, o som emitido pelos gases é praticamente insuportável, já que é justamente no abafador que eles são minimizados para o meio externo. Em determinados abafadores esportivos, há um conjunto de furações chamados de flauta, que determinam a saída de um som característico.


escapes

Na parte mais externa do abafador, a ponteira é a responsável por jogar os gases para o meio externo, e, assim como o abafador, podem possuir em seu interior lã de vidro, que são isolantes ao calor e permitem melhor saída do ar, otimizando todo o sistema de exaustão. Vale lembrar que os sistemas esportivos possuem características diferenciadas dos sistemas originais, que permitem maior passagem de ar na tentativa de melhorar a performance e de produzir sons mais potentes e atrativos para cada piloto.


escapes

Como escolher seu sistema de exaustão

Na hora de trocar o seu sistema de escapamento, é necessário verificar qual a finalidade da troca do sistema original, que muitas vezes é estética ou apenas pelo som produzido, saiba quais as diferenças entre trocar a sua ponteira e o sistema inteiro de escapamento:

escapes

Ponteira

Formada pelo conjunto de abafador e a ponteira propriamente dita, esse conjunto auxilia a saída mais rápida dos gases devido à falta de catalisadores em seu interior, além de normalmente serem ligeiramente maiores que os sistemas originais. As ponteiras são mais fáceis de serem trocadas e reguladas para ajudar no desempenho, além de produzirem sons diferenciados.

escapes

Escapes Completos

Se iniciam no coletor de escape e vão até a ponteira. Nesse caso, a troca e os ajustes devem ser feitos de forma cuidadosa para que o sistema garanta maior desempenho ao motor, e para isso ocorrer, deve-se estar atento às diferenças entre os motores, se possuem injeção eletrônica e/ou sonda lambda ou se são carburadas, além de um bom filtro esportivo, só assim é possível obter o desempenho esperado.

Vale lembrar que, o que realmente interfere no desempenho está relacionado aos escapamentos completos, já que é o coletor de escape o responsável pela retirada do ar. As ponteiras conseguem dar maior vazão do ar para a parte externa, além da estética e do som diferenciado.

O material da ponteira interfere?

Na hora de escolher o escapamento da sua moto, seja ele completo ou somente a ponteira, haverá diversas opções quanto ao material de fabricação do produto. Os mais comuns e melhores são produzidos em aço inoxidável, alumínio, titânio, fibra de vidro e existem até de ligas metálicas, mas que possuem somente leveza, sem resistência, resistência mas que superaquecem. Entre todas elas, a diferença está mais ligada ao peso que a performance em si. Isso significa mais em quem busca muita performance em relação ao tempo, principalmente nas pistas, onde 100 gramas a mais fazem décimos de segundos aparecerem e não auxiliarem na performance.

A mais leve entre todas são as fabricadas em titânio, mas o custo também é muito mais elevado. Já as de alumínio são leves e não oxidam com o passar dos anos, mas em contrapartida amassam e esquentam mais facilmente. Já as de fibra de carbono são extremamente leves, esfriam rapidamente e possuem boa resistência. Os fabricados em aço inoxidável são extremamente duráveis e resistentes, porém são mais pesadas e demoram mais tempo para o resfriamento.


escapes

Os diferentes materiais que compõe as ponteiras e escapamentos possuem a diferença entre peso, durabilidade e resistência, além do aquecimento e tempo de resfriamento.

Cuidados e manutenção

Cuidar do seu sistema de escapamento é de extrema importância para que o desempenho seja mantido. Um furo no seu sistema de escape pode comprometer seu rendimento, já que a pressão dos gases é diferenciada. Portanto, é ideal após o uso da sua moto, verificar durante e após a lavagem se existem pontos de furos, ferrugens ou até mesmo de desencaixe. As juntas dos coletores também podem se deteriorar, então é importante verificá-las também. É importante verificar a situação dos protetores de escape e de curva, eles ajudam a minimizar danos nas botas e impedir queimaduras no piloto e em terceiros.

Outro detalhe muito importante é na lavagem da sua moto. Sempre que for lavar sua moto, utilize uma tampa de escapamento. Elas evitam que a água entre dentro do sistema, que podem causar falhas devido à água ser mais pesada que os gases, que não conseguirão jogar a água para fora novamente, e essa água ocupa espaço dentro do seu sistema de escape, impedindo assim a saída em quantidade correta dos gases da câmara de combustão e causando falhas na queima de combustível, que reduz o rendimento e desempenho.


escapes

Tampe o seu escape durante a lavagem da sua moto, isso evita que a água ocupe espaço destinado ao ar dentro do sistema, afetando todo o conjunto de retirada do ar do motor e causando problemas inclusive na potência da sua moto.

Aqui na Mx Parts a maior loja off road do Brasil, você encontra as maiores e melhores marcas de ponteiras e escapes para a sua moto com os melhores preços e condições imperdíveis, e de quebra ainda conta com uma equipe especializada para te auxiliar. Confira.

Confira nosso review sobre o escapamento IMS para a CRF 230: