Conheça nossa loja de ciclismo, clique aqui
Seu carrinho de compras está vazio

Botas de Motocross e Trilha MX Parts

Bota Fox Comp 5 Bota ASW Fusion Bota Fly Maverik MX Bota Gaerne GX-1 Bota Fox Instinct Bota Alpinestars Tech 5 Bota Alpinestars Tech 7 Bota Alpinestars Tech 1 Bota Alpinestars Tech 7 Enduro Bota Alpinestars Tech 10 LE Nations Bota IMS Top Infantil Bota Fox Comp 3 Infantil Bota Alpinestars Infantil Tech 6S Bota Gaerne SG 12 Colors 17 Bota Fox Comp 8 Monster / Pro Circuit Bota IMS Morph TCX Bota Alpinestars Tech 10 Bota Alpinestars Infantil Tech 3S Bota Gaerne GX-1 Evo Bota Gaerne SG 12 Edição Limitada 17 Bota Alpinestars Tech 10 Radiant Bota Gaerne G-React Bota Alpinestars Tech 3 Bota Alpinestars Tech 10 XVIII Bota Fox Instinct Copper Moth Edição Limitada Bota Fox Comp 8 Bota IMS Pró Bota Fox Bomber Bota Pro Tork Combat 3 Bota Gaerne GX-1 Evo 17 Bota Gaerne GX-1 Goodyear 17 Bota Alpinestars Tech 3 Enduro Bota Fox Comp 8 Colors 17 Bota Gaerne G-React Goodyear 17 Biqueira Bota Gaerne SG 12 Bota Gaerne SG-J 17 Infantil Bota IMS Revolution 2018 Kit Parafusos Gaerne SG 10 Fecho Bota Gaerne SG 10/SG 12 Palmilha Bota Gaerne SG 10/Fastback Kit Straps Fixos Bota Gaerne SG 10/SG 12 Bota Fox Instinct Moth Edição Limitada Bota Gaerne SG-J 16 Infantil Fivela Fixa Gaerne Adventure Fecho Gaerne Fastback/GX1/Trial Solado Bota Gaerne GX-1 Evo Palmilha Bota Gaerne GX1 Evo/G-React Kit Straps Longos Bota Gaerne SG 10/S G12

Botas de Motocross

A bota para motocross é um dos equipamentos mais caros e importantes para o piloto, independente da modalidade que pratica ou o nível de pilotagem que se encontra, pois se estiver iniciando irá precisar de uma bota boa para proteger o tornozelo do impacto dos “pisões” e erros que irá cometer e se for um piloto de alto nível precisará de uma bota de qualidade que sustente todo o impacto que pode ocorrer em alta velocidade.

Por isso muitos pilotos ficam em dúvida de qual modelo de bota comprar, que seja confortável e segura, mas que apresente um bom custo x benefício em relação aos seus equipamentos de motocross e trilha.

O primeiro passo deve ser definir a finalidade desta bota, qual o objetivo do piloto? Que pode querer apenas para andar no fim de semana no sítio da família ou ir para uma trilha pesada e uma pista de motocross de alto nível, que assim tem necessidades diferentes com vários modelos disponíveis no mercado para atender todos os tipos de pilotos.

Confira aqui tudo sobre as botas de motocross e escolha a sua

Características das Botas de Motocross

Bota de trilha para iniciantes

As botas de trilha de moto mais simples tem a estrutura muito parecida com uma bota top de linha, sendo elas fabricadas em couro e painéis de plástico que oferecem a proteção contra os impactos na região dos tornozelos e pés, com solado costurado e sistema de fecho simples. Sendo ideal para pilotos que estão começando a andar nas trilhas e pistas e não querem investir um alto valor inicialmente.

Diferencial das melhores botas

As melhores marcas de botas off road como Alpinestars, Fox, Gaerne e outras, tem se preocupado cada vez mais em proteger os pés e tornozelos dos pilotos, por isso desenvolveram botas com um sistema de proteção articulado no tornozelo, evitando que ao bater o pé no chão ou a pedaleira da moto atinja o tornozelo provocando uma lesão ou fratura no piloto.

Os novos solados foram desenvolvidos em um modelo injetado, sem costura, proporcionando maior durabilidade e aderência da sola, fácil de identificar porque estes modelos não possuem o bico de ferro. Outra vantagem é que o solado é formado por várias camadas de borracha e até metais, evitando que o pé dobre para baixo, mas não deixando a bota dura para caminhar.

Os fechos geralmente são de alumínio, mas não fazendo grande diferença pois algumas botas top de linha como a Fox Instinct utilizam fecho de plástico, que devido a sua construção é muito resistente, o que também acontece em modelos de botas mais simples como a Bota Fly Maverik ou IMS Top que tem o fecho de plástico com ótima durabilidade. Vale ressaltar que nenhuma bota é indestrutível, podendo qualquer modelo perder um fecho a qualquer momento.

Curiosidades sobre as botas de motocross

A bota é o equipamento de motocross mais pesado que o piloto carrega, sendo realmente um pouco cansativo e desconfortável ficar com ela, algumas vezes o dia inteiro, mas em busca dessa solução muitos pilotos e trilheiros saem a caça de uma bota que seja “leve”, as botas variam o peso de 3,5Kgs à 4,5Kgs no máximo, sendo uma ilusão que as botas caras, por serem melhores vão ter um peso menor, pois na verdade acabam ficando mais pesadas por terem muito mais materiais de segurança que os modelos mais simples, que por isso acabam sendo mais leves, mas não garantem tanta segurança.

Um “preconceito” que alguns pilotos mais experientes as vezes tem, são com as botas que possuem fecho de plástico, achando que estas irão quebrar toda hora, realmente alguns anos atrás alguns modelos tinham fechos bem frágeis, mas atualmente os fabricantes já desenvolveram um sistema de fecho que não quebre com facilidade, tendo ótima durabilidade.

Cuidados com a bota

Por ser um equipamento de proteção e com um valor alto devemos sempre cuidar bem das botas para que tenham boa durabilidade e mantenham sua função de proteger os pés e tornozelos, então ai vão algumas dicas:

Quando voltar do treino e ainda tiver com a bota no pé é bom aproveitar e já lavar assim mesmo a bota com uma ducha de pressão, evitando que a água molhe a parte interna, que seca lentamente.

Nunca deixe a bota secar ao sol, deixe-a de cabeça para baixo para que a água escorra para fora.

Confira se nenhum fecho esta no final da regulagem, evitando que pule para fora da bota.

Toda bota nova é um pouco dura para andar, por isso uma dica boa é molhar a parte de fora da bota antes de sair andar, cuidando para não molhar a parte interna, assim o couro amolece mais rápido, ficando mais fácil de acostumar.

Se for para uma corrida, é recomendável que use uns 3 treinos antes, para que não tenha problemas de errar a marcha ou não sentir o freio.

Função da Bota de Motocross

É comum ver pilotos andando tanto em pistas quanto em trilhas com coturno, bota de borracha e até tênis, a maioria das vezes por falta de conhecimento ou condições financeiras, mas já encontrei vários pilotos que tem a bota na bolsa de equipamentos mas não conseguiu se adaptar por ser muito dura e consequentemente desconfortável, que nada mais é que sua função.

A principal característica da bota, onde os fabricantes mais investem em tecnologia, é proteger o tornozelo e pé do piloto, para isso ela tem de ser firme ao caminhar e se posicionar na moto, limitando os movimentos do pé entre o 2º e 3º fechos, o que acaba gerando um certo desconforto e fazendo valer a diferença de preço entre as botas de entrada e as top de linha.

O solado protege o pé para não virar para baixo e é fundamental na absorção de impactos em saltos e ao apoiar o pé no chão, quando este estiver muito gasto toda a bota já não serve mais, sendo que alguns modelos de botas tem o solado avulso para venda.

Com isso em mente o piloto deve avaliar se a bota está exercendo corretamente sua função, se o couro já está mole, não segurando mais os movimentos ou os plásticos já se desgastaram perdendo a eficiência da bota. Dependendo do nível de pilotagem de cada um e a frequência que anda de moto, a bota pode ter um desgaste mais rápido, em média algo em torno de 6 meses à 1 ano de uso . Essa é a hora de partir para uma bota nova e garantir a proteção do seu pé.

Que tamanho de bota devo comprar?

O recomendado é sempre pegar 1 número maior que o tamanho do tênis, para que não cause bolhas e aperte os dedos, podendo variar um pouco de marca para marca.

As botas por serem a maioria importadas, Estados Unidos, Europa e China, apresentam a numeração americana que vai do 5 ao 15 geralmente, equivalente ao tamanho Brasileiro 36 ao 47. Por isso cada tamanho Americano equivale a uma numeração dupla no Brasil, por exemplo o tamanho 10 USA = 41/42 BRA, se você usa um tênis tamanho 41 BRA, essa bota tamanho 10 USA seria o tamanho ideal para você.

Lembrando que a bota deve ser levado em conta o tamanho apenas o comprimento dos pés, pois a altura do cano vem até próximo do joelho, protegendo toda a canela, sendo geralmente em tamanho proporcional ao tamanho do pé e sua espessura os fabricantes já fazem pensando que o piloto irá utilizar uma joelheira junto.

Recomendamos que calce a bota com um meião próprio para motocross, que é mais grosso e irá garantir um conforto maior na hora de caminhar.

Confira o vídeo da Roupa de Ciclismo Feminina